Cap. 1o: Processo Penal a partir da Teoria dos Jogos e da Guerra.

1.1. O processo como jogo.
1.1.1. No início era o jogo.
1.1.2. O caos do processo penal brasileiro.
1.1.3. Os planos paralelos e simultâneos do jogo processual.
1.2. Teoria dos Jogos.
1.2.1. Nova dinâmica de compreensão do processo penal.
1.2.2. Os sujeitos são racionais, mesmo?
1.2.3. O Dilema do Prisioneiro.
1.3. O Jogo de Guerra Processual.
1.4. A teoria de processo como Jogo Processual.
1.4.1. Noções da Teoria dos Jogos Processuais.
1.4.1.1. Jogo Processual.
1.4.1.2. Subjogo.
1.4.1.3. Jogos repetidos.
1.4.1.4. Jogadores.
1.4.1.5. Julgador(es).
1.4.1.6. Estratégia.
1.4.1.7. Tática.
1.4.1.8. Equilíbrio de Nash.
1.4.1.9. Payoffs.
1.4.1.10. Regras do Jogo Processual.
1.4.1.11 Regime Probatório e Teoria da Informação.
1.4.1.12. Custos do Processo.
1.4.1.13. Eficiência e Gestão da Unidade Jurisdicional.
1.4.1.14. Dilema do Prisioneiro.
1.4.1.15. Dilema do Covarde ou do Corajoso da Galinha.
1.4.1.16. Dilema do Voluntário.
1.4.1.17. Olho por olho ou Dente por dente.
1.4.1.18. Tragédia dos Comuns.
1.4.1.19: Free Rider ou Efeito Carona.
1.4.1.20: Check-List parcial.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: